18 maio 2004

Email de Doido

Email de Doido 
 
Desde ontem, estamos tendo um pequeno probleminha no meu trabalho... Os empregados ficam alocados em clientes da empresa e tem empregados CLT e tem emprgados PJ (pessoa jurídica, que recebem por hora trabalhada). Todos os meses, eles têm que fazer uma prestação de contas à  nossa empresa e apresentar os documentos que comprovem o pagamento de impostos, para só então receber o salário. Acontece que a empresa sempre mandou uma pessoa a cada cliente para pegar estes documentos, uma vez por mês e agora decidiu que não vai mais fazer isso e que todos os PJs têm que vir até a matriz para entregar a documentação. Só que eles mandaram este aviso para TODOS os empregados da empresa, PJ ou não. E depois disso virou uma baderna porque ninguém sabe clicar em RESPONDER, só em RESPONDER A TODOS. A cada segundo chegam pelo menos 2 emails reclamando ou pedindo para ser retirado da lista, pois este assunto não interessa. Como se eu já não tivesse trabalho suficiente, agora tenho que ficar deletando emails e separando o que é lixo do que realmente é do meu trabalho. E agora, chegou um email de um maluco, vejam se dá pra entender alguma coisa:

Eles entregam Notas, não entregam!
 
Mas, mesmo para aqueles que recusam a recepção da mensagem, posto que não se IDENTIFICAM com "aquele a quem a mensagem convém", não posso deixar de ver - aparte o conteúdo - uma ânsia-fome de ação comunicativa MESMO.
 
Entregar ou não entregar Notas não é a questão; podem anotar. Parece que é mais a forma da comunicação o que faz falta e acende o desejo: de SER, de pertencer a algum lugar de fato, mesmo que seja virtual. Afinal, é pela comunicação que se tece a REDE do COMUM que há na COMUNIDADE - que antes de ser de PRÃ�TICA tem que ser de CORAÇÃO.
 
Aos mais famintos, provoco: Vamos fazer um JORNAL dos co-laboradores? Desde já, apresento o Nome: NÃO EXISTE BANQUETE.
 
Abs
Paulo Gopfert 

Trabalha cada maluco nesta empresa! Pelo amor de Deus! 
E o pior é que tô pirando também!