09 agosto 2004

Mais uma do Luquinhas


Depois de toda a acomodação das férias, brincando o dia inteiro e jogando no playstation ou no computador, quem disse que o Luquinhas queria voltar pra escola? Nada disso... chorava todo dia.
Meu pai, sem saber o que fazer, foi até a escola pedir ajuda à professora e ela deu conselhos muito sábios. Chegando em casa, meu pai chamou o Lucas pra conversar e disse:
- Quem não vai pra escola tem que trabalhar. Você prefere trabalhar à ir pra escola?
- Prefiro.
- Então tá... vamos fazer um quadrinho com as tarefas para a semana.
E meu pai fez mesmo um planejamento pra a semana toda (acreditem se puderem). Ficou estabelecido que ví­deo-game e computador só às terças e quintas, uma hora por dia, das 16:00 às 17:00h.
No dia seguinte, o Jean foi pra escola e o Lucas ficou. Assim que meu pai virou as costas, ele correu pro computador. Meu pai foi até lá e falou:
- Nada disso... lembra o que a gente combinou?
- Ah...
- Vamos lá ver quais são as tarefas de hoje...
E foram até a cozinha ler o planejamento pregado na porta da geladeira.
- O que temos pra hoje?
- Lavar os banheiros, lavar a louça, limpar a sala e a garagem... - respondeu o Lucas.
- Então vamos começar...
E lá foram os dois. Lavaram os banheiros (são 3!), lavaram a louça e quando começaram a limpar a sala o Lucas começou a reclamar...
- Meu braço tá doendo...
- Mas você não disse que preferia trabalhar do que ir pra escola?
- Mas meu braço tá doendo...
- Nada de desculpas, vamos terminar nosso trabalho.
E os dois continuaram a limpar tudo e depois ainda lavaram a garagem.
No dia seguinte, quando todos acordaram, o Lucas já estava prontinho para ir à escola. De uniforme, cabelo penteado e tudo...

Aprendam a dica e usem com seus filhos...
Eu ri muito com meu pai me contando isso ao telefone. Fiquei imaginando a cara do Luquinhas. Este menino é mesmo muito levado. :-) Ah, e para que não está entendendo nada, meu pai não trabalha mais por problemas de saúde... o médico mandou ele se aposentar. A mãe do Luquinhas trabalha, então meu pai é que ficou com as tarefas de casa e com a responsabilidade de cuidar dos dois baixinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário