17 agosto 2004

Um amor puro

Djavan

O que há dentro do meu coração
Eu tenho guardado pra te dar
E todas as horas que o tempo
Tem pra me conceder
São tuas até morrer

E a tua história, eu não sei
Mas me diga só o que for bom
Um amor tão puro que ainda nem sabe
A força que tem
É teu e de mais ninguém

Te adoro em tudo, tudo, tudo
Quero mais que tudo, tudo, tudo
Te amar sem limites
Viver uma grande história

Aqui ou noutro lugar
Que pode ser feio ou bonito
Se nós estivermos juntos
Haverá um céu azul

Um amor puro
Não sabe a força que tem
Meu amor eu juro
Ser teu e de mais ninguém
Um amor puro

* continuando o especial Djavan para acalmar os ânimos...
* Já sei porque essa barra não aparece no meu outro blog. Por que eu não publiquei nada hoje... Que droga! Pelo menos consegui mudar a cor da barra, aquele azul escurão não tinha nada a ver... Mas me aguardem que darei um jeito de escondê-la... nem que leve um ano pra eu conseguir... eu consegui com as propagandas, porque não conseguiria com essa barrinha de nada? :-)
* Desci um pouco o título, assim a barra não fica mais atrás dele... tava horrível! Agora melhorou um pouquinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário