21 dezembro 2004

Pequenas coisas...


IMG_0663
Eu não existo sem você
(Antonio C. Jobim e Vinícius de Moraes )

Eu sei e voc? sabe já que a vida quis assim
Que nada neste mundo levará voc? de mim
Eu sei e voc? sabe que a distância n?o existe
Que todo grande amor só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor n?o tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos me encaminham pra voc?

Assim como o oceano só é belo com luar
Assim como a canç?o só tem raz?o se se cantar
Assim como uma nuvem só acontece se chover
Assim como o poeta só é grande se sofrer
Assim como viver sem ter amor n?o é viver
N?o há voc? sem mim e eu n?o existo sem voc?


Hoje acordei com esta música na cabeça.
Houve uma época em que eu n?o podia ouvi-la que eu chorava sem parar. Eu achava que era uma música muito triste e deprimente.
Hoje acho uma das músicas mais lindas que já ouvi. Uma verdadeira declaraç?o de amor.
Afinal, é assim, sofrendo, que aprendemos a dar valor ?s coisas que normalmente deixamos passar desapercebidas.
Minha vida n?o foi fácil e n?o gosto de entrar em detalhes. Mas acho que foi exatamente porque perdi pessoas muito queridas que hoje sei dar valor ?s pessoas que ainda est?o por perto.
Dou valor ? tudo, até mesmo a um pôr do sol, como este acima. Muitas pessoas nem reparam nestas coisas, est?o muito ocupadas, mas eu estou sempre observando tudo, cada detalhe.
Ainda tenho medo da vida e da morte e ?s vezes fico meio descrente. Chego a duvidar deste Deus que todos falam. Mas tem horas que vejo coisas t?o lindas, vejo pessoas em situaç?es t?o ruins e que continuam tendo fé, lutando, que n?o me sinto no direito de duvidar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário