23 fevereiro 2005

E depois falam do Brasil


Downtown - em frente à clínica da minha dentista


Ontem estive na embaixada americana para solicitar o meu visto e vocês não podem imaginar como aquilo lá é uma loucura! Eles são completamente paranóicos com a questão da segurança, parecia que eu estava entrando em um presídio... minha bolsa foi revistada até nos cantos mais obscuros, onde nem eu mesma mexo já há algum tempo... :-) Até o meu pacotinho de chicletes foi considerado suspeito. Respondi a um interrogatório completo sobre ele. Era chiclete finlandês e portanto a embalagem estava toda escrita em finlandês, mas acabou que deixaram meu chiclete em paz.
O lado de fora pareceu bem brasileiro, com gente tentando se aproveitar da desgraça alheia para ganhar dinheiro. :-) Tinha de tudo. Se você parecesse cansado, logo vinham te oferecer uma cadeira para alugar. Se você esqueceu a foto, eles te levavam para fazer rapidinho (R$20,00, uma foto - eu paguei R$9,00, 3 fotos), se você esqueceu de pagar a taxa, eles tinham o recibo pra te vender, pelo precinho básico de R$450,00 (a taxa é de U$100,00), se você não colou a foto, eles colavam pra você, por R$1,00... enfim, a cara do Brasil, não é? :-)
Já lá dentro tinha muita gente... tinha fila para entrar na fila, sem exageros. Nunca fiquei em tantas filas em um só dia. Agendar a entrevista não serve para nada. Fiquei 3 horas lá dentro e tinha um segurança que ficava mandando a gente sentar. "Não pode ninguém ficar em pé! Senta ali, ó!", apontando o lugar onde a gente tinha que sentar.
Mas acabou que deu tudo certo e meu visto foi aprovado. Tirando a questão das filas, foi mais fácil do que eu esperava. Nem precisei mostrar toda a papelada que eu havia separado... bem que eu tentei, perguntei várias vezes se ele não queria olhar, mas ele não quis. "No, no... no é necessário. Visto aprovado!", com aquele sotaque americano esquisito...
Mas a experiência pelo menos me serviu para descobrir uma coisa: eu não preciso falar Inglês perfeitamente, se eles não falam português... :-)


VOU TE LEVAR COMIGO
Biquini Cavadão

As curvas no caminho, meus olhos tão distantes,
Eu quero te mostrar os lugares que encontrei
Como o céu pode mudar de cor quando encontra o mar

Um sonho no horizonte, uma estrela na manhã
De repente a vida pode ser uma viagem
E o mundo todo vai caber nesta canção

Vou te pegar na sua casa, deixa tudo arrumado
Vou te levar comigo pra longe
Tanta coisa nos espera, me espera na janela
Vou te levar comigo

Eu quero te contar as histórias que ouvi
E nas diferenças vou te encontrar
O amor vai sempre ser amor em qualquer lugar

Vou te pegar na sua casa, deixa tudo arrumado
Vou te levar comigo pra longe
Tanta coisa nos espera, me espera na janela
Vou te levar comigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário