02 abril 2005

Adeus...

Como não admirar João Paulo II? Mesmo não sendo católico e até mesmo não sendo religioso?
Ele foi um homem que, antes de tudo, mostrou ao mundo o que é um Papa. Antes dele, muita gente sequer sabia que isso existia... Ele também mudou a imagem de um Papa, de uma pessoa temida cuja aparição significava que alguma coisa estava muito errada, para uma pessoa amada e conhecida mundialmente. Ele foi o homem com capacidade de perdoar a pessoa que tentou matá-lo. Ele também foi o homem que respeitou as outras religiões e que, quando da tragédia do 11 de setembro, explicou ao mundo a diferença entre terrorismo e islamismo. Ele também foi aquele que teve a coragem de dar um puxão de orelha no Bush quando ele ordenou a invasão ao Iraque. Acima de tudo, ele foi um homem de muita fé e amor aos homens e que desejava algo melhor para toda a humanidade.
Perdemos um grande homem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário