30 novembro 2005

Rio em clima de Natal

Adoro quando o Rio vai ficando em clima de Natal... tudo fica tão mais bonito!
Mudando de assunto, eu não sei o que tenho. Estão tão cansada! O pior é que acordo todo dia tão cansada quanto antes... parece que dormir não adianta nada.
Mudando de assunto mais uma vez: outro dia eu li que ler e ouvir música é bom para exercitar a memória. Isto ajudaria a não esquecermos as coisas. Fiquei indignada porque faço as duas coisas e mesmo assim a minha memória é terrível! Mesmo ouvindo música sempre, as únicas letras inteiras que eu sabia eram "Atirei o pau no gato" e "Parabéns para você". Assustada com esta constatação decidi que vou estudar letras de músicas e vou memorizar uma a cada semana. Esta semana eu já comecei com uma e, para minha surpresa, ontem eu já sabia a letra inteirinha... com somente 2 dias de estudo. :-))) Fiquei feliz.
Hehe, sei que estou parecendo uma louca com esse lance de estudar letras de músicas... mas foi o desespero! :-)
Vou escrever a letra aqui. Juro que não estou copiando! :-)))
Uma vez eu li que o Marcelo Camelo escreveu esta música para a mãe dele, que passava por um momento difícil da sua vida. Eu não sei se é verdade, mas faz sentido. Quando ouço esta música fico imaginando uma família reunida e um filho preocupado com sua mãe...
Foi esta música que deu nome ao blog. Se você não conhece e quer ouvir, clique no play à direita.
Além do que se vê
(Marcelo Camelo - Los Hermanos)

Moça, olha só o que eu te escrevi
É preciso força pra sonhar e perceber
Que a estrada vai além do que se vê

Sei que a tua solidão me dói
E que é difícil ser feliz
Mais do que somos todos nós
Você supõe o céu

Sei que o vento que entortou a flor
Passou também por nosso lar
E foi você quem desviou
Com golpes de pincel

Eu sei, é o amor que ninguém mais vê
Deixa eu ver a moça
Toma o teu, voa mais
Que o bloco da família vai atrás

Põe mais um na mesa de jantar
Por que hoje eu vou aí te ver
E tira o som dessa tv
Pra gente conversar

Dia pro Bamba usar o violão
Pede pro Tico me esperar
E avisa que eu só vou chegar
No último vagão

É bom te ver sorrir
Deixa vir à moça
Que eu também vou atrás
E a banda diz: Assim é que se faz!


Eu não queria falar, mas preciso desabafar: que absurdo isso que aconteceu na noite de ontem, onde os traficantes colocaram fogo em um ônibus cheio de passageiros! Cinco pessoas morreram carbonizadas, inclusive uma criança de 2 anos, e muitas estão feridas. Sinceramente, eu acho que deveriam pegar estes bandidos e colocar fogo neles também. É muito revoltante...
Este post já está enorme, eu sei, mas é que não estou podendo escrever sempre, então as coisas vão se acumulando. :-))

Queria falar que no domingo fiquei triste com a notícia da morte do jornalista Marco Uchôa. Ele teve uma infância muito sofrida, cresceu em orfanatos e lutou contra um câncer durante 2 anos. Ele conseguiu se formar em jornalismo com muitos sacrifícios. Morreu muito jovem, com somente 36 anos e deixou esposa e um filhinho. Era uma pessoa de bom coração e ajudava muitas crianças abandonadas... pessoas assim certamente fazem falta. Ainda mais em um mundo como o nosso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário