09 novembro 2007

Milton Nascimento em Buenos Aires

Ontem teve show do Milton Nascimento aqui em Buenos Aires, no teatro Gran Rex.
Eu já havia assistido a este show, Pietá, no Rio e havia amado. O considero o melhor show que já vi, com tudo muito bem trabalhado, com uma variedade enorme de instrumentos e convidados especiais como Maria Rita, antes de ser famosa, por exemplo .
O show de ontem foi bem mais simples, com apenas quatro músicos e o Milton. Na realidade, foi mais um show com vários de seus sucessos ao longo da carreira do que do seu último CD, Pietá, do qual ele tocou apenas três músicas. O show não foi bem divulgado, por isso não estava totalmente cheio e acabamos ganhando um upgrade de lugar! Nos sentamos lá na frente, que beleza! :-))))) 
Milton estava muito animado, arranhou no portunhol e fez os argentinos cantarem... e olha que eles cantaram muito bem! :-)
Em termos de público, nunca havia visto um tão animado como este. Todas aplaudiam, muitas vezes de pé, cantavam, dançavam... houve gente que conseguiu entregar cartinhas para ele lá no palco e até crianças aproveitaram muito o show.
Aprendi duas coisas neste show:
1 - o significado da palavra indígena TXAI, que achei linda: "meu amigo, meu irmão, sua metade que vive em mim e minha metade que vive em você". Foi o Milton quem ensinou. :-)
2 - aqui é costume dar gorjeta para aqueles senhores que nos mostram os lugares nos teatros. Não cometam uma gafe como nós! :-))) Pesquisando mais, parece que é costume dar gorjeta para o lanterninha no cinema também... eu nunca reparei. Na próxima vez em que for ao cinema, vou ficar atenta. ;-)

Outros Links:

12 comentários:

  1. Deve ser incrivel o show dele, um dos genios da MPB
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  2. poder assistir gente nossa, por aí, deve dar um conforto, né?!!!

    beijos, linda e bom fds

    MM.

    ResponderExcluir
  3. Sempre bom saber do sucesso dos nossos irmãos de pátria no estrangeiro.
    http://cadinhoroco.sabrisweb.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Chris,

    Adoro o Milton Nascimento também, mas ainda não tive a oportunidade de assistir ao vivo.

    Gostei do chat, espero encontrar você uma hora dessas... hehehehe!!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. O show dele é mesmo maravilhoso, gente! O melhor que eu já assisti na minha vida foi dele, no Rio. Se vocês tiverem oportunidade, vão conferir... ;-)
    Márcio, que bom! :-) Nos vemos qualquer hora então, no chat.

    ResponderExcluir
  6. É gostoso ver gente nossa em terras distantes. Gosto muito do Milton Nascimento.
    Quanto à gorjeta, não gosto de ter esta obrigação. Freqüentamos um hotel em Nogueira e ficamos sabendo que devemos dar gorjeta ao garçom, pois no preço da hospedagem já está incluída a comida, temos de dar gorjeta para a camareira, o carregador de mala. Acho tudo isto uma exploração. Todos são empregados, assim como meu marido e eu fomos um dia e nunca recebemos gorjeta pelo nosso serviço. Tínhamos até de tratar muito bem o cliente pois poderíamos ser demitido. Aqui em casa damos gorjeta no final do ano ao carteiro, varredor de rua, lixeiro, etc, etc. Não acho justo e dou de má vontade. Sinto muito.

    ResponderExcluir
  7. Chris, adorei a nova imagem do blog! Linda!

    ResponderExcluir
  8. adoro as músicas do milton, mas nunca fui num show dele.
    qto à capoeira, falou bem..só q ela é luta, não dança. luta disfarçada em dança, criada pelos escravos nas senzalas. apesar dos escravos terem vindo da áfrica, ela foi criada no brasil, sendo a única luta genuinamente brasileira.


    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_.................

    ResponderExcluir
  9. Nice, é chato mesmo. Mas na área do turismo, não ligo tanto. Já faz parte de todo o negócio... quando moramos 2 meses no hotél é que foi complicado. :-) Não só pela grama, mas porque nem sempre temos trocado para dar gorjeta, né? Mas a gente pedia desculpas e eles entendiam...
    No fim do ano, eu tb não me importo de ajudar os porteiros, os lixeiros, o pessoal da limpeza... afinal, eles dependem dessas gorjetinhas para ter um Natal melhorzinho. Muitos deles nem poderiam fazer uma ceia de Natal se não fosse por esse dinheirinho extra. Eu acho que faz parte do espírito natalino. É claro, que ajudamos se podemos, né? Também não podemos nos prejudicar...
    Palpi, vc viu como a cidade está linda?! Toda florida e em tons de lilás. Tô adorando e tive que colocar uma foto aqui no blog. :-)))
    Micha, foi isso mesmo que eu disse pra eles... que era luta, mas que para que não descobrissem, a disfarçaram de dança. Acertei no chute. :-P

    ResponderExcluir
  10. Que delicia de show, e adorei saber o que eh Txai, lindo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá querida, cheguei de Buenos Aires no sábado, adorei essa terra e me diverti muito.
    Lindos dias,flor
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Simone, eu também amei essa palavra... vou adotá-la no meu vocabulário. :-)))
    Márcia, não acredito que vc estava aqui!!! Que bom que vc gostou. E aí? Conta o que vc fez!

    ResponderExcluir