26 novembro 2008

Nova rotina

image
Texto escrito pela manhã:

Ontem a Renata, uma amiga que tem uma bebezinha um mês mais velha que a Júlia me deu umas dicas para estabelecer uma rotina pra ela, para conseguir que ela tome mamadeira e para aumentar a minha produção de leite. Ela aprendeu lendo o livro “El Primer Año Del Bebé” e com o pediatra dela e tem funcionado perfeitamente com a Sophia, a bebezinha dela. Ela me explicou a importância que a rotina tem para os bebês, pois eles se sentem bem mais seguros sabendo o que vai acontecer em seguida. Também me disse que depois de cada mamada eu tenho que extrair leite para que eu passe a produzir mais e que o bebê, com 3 meses, já deve mamar em intervalos de 3 a 4 horas e não de 2 em 2 horas como faz a Júlia. Para que ela aprenda a tomar a mamadeira, quem tem que dá-la tem que ser outra pessoa e não eu, pois ela não é boba e não vai querer mamadeira se tem o peito. Para dormir, tenho que tentar fazer ela dormir no carrinho ou naquelas cadeirinhas que balançam, sabem? No colo já não tá dando, minha coluna está arrebentada e aí ela só quer dormir no meu colo, outro não serve, nem o do pai.
Comecei hoje a seguir os conselhos da Renata… sei que não vai ser fácil, pois a Júlia já foi acostumada de outro jeito. O correto teria sido já acostumá-la desde cedo de outra maneira. Bom, planejei estabelecer o horário para acordar às 9:00h, mas como hoje ela acordou às 8h, vou tentar manter esta hora. Vou tentar mudar os intervalos para de 3 em 3 horas, acho que mudar de 2 direto para 4 vai ser muito traumatizante para ela. Acredito que o melhor seja fazer em duas etapas.

UPDATE 21:00h:
O dia foi meio aos trancos e barrancos. Tentei fazer a Júlia dormir no carrinho e não no colo, mas ela simplesmente não dormia e, quando dava a hora de mamar, dormia no peito de tão cansada e não mamava direito. Como ficava com fome, não dormia nem 30 minutos.
Pra não dizer que não funcionou, na terceira tentativa, depois de umas 30 voltas de carrinho pela casa, ela dormiu. Só que, mais uma vez, ela acordou com menos de 30 minutos pois levou tanto tempo pra ela dormir que já chegou logo a hora de mamar.
Eu também não consegui fazê-la mamar de 3 em 3 horas, só de 2:30h em 2:30h, mas acho que já foi bom para a primeira tentativa.
Outra coisa que não consegui foi tentar dar a mamadeira pois, como tem que ser outra pessoa e não eu, não teve como, pois hoje eu estava sozinha com ela, sem ajuda.
Às 18:30h a levei pro quarto, tentei fazer massagem, mas ela não quis. A levei pro banho mas tive que fazer tudo correndo pois ela estava morrendo de fome. Quando a tirei da banheira, só coloquei a fralda e dei o peito. Ela dormiu no peito, depois a vesti com muito cuidado com um saquinho de dormir que comprei em Miami. É ótimo pois é só colocar o bebê lá dentro e fechar o zíper. A levei pro meu quarto, mas como o Sandro não tinha fechado a persiana e estava claro, ela acordou e começou a querer chorar. Levou mais uns 20 minutos para ela voltar a dormir, mas às 19:30h ela já estava no bercinho dormindo como um anjo. Ficou muito cedo… é que ela mamou muito rápido. Amanhã vou ajustar o horário do banho para 19h e não 18:30h.
Às 20:30 ela acordou e o Sandro foi lá tentar fazer ela voltar a dormir. Como ela começou a chorar muito eu fui lá antes que ela ficasse muito nervosa e não quisesse mesmo voltar a dormir. Dei o peito, mas ela só deu uma mamadinha de nem 5 minutos e dormiu de novo.
Acho que, para primeira tentativa, foi muito bom! Amanhã continuarei firme. Acredito que logo, logo estará tudo nos eixos.

3 comentários:

  1. Nossa, como os bebês são complicados! rs Mas é só dar esse sorriso lindo da foto que a gente esquece tudo!

    ResponderExcluir
  2. Chris, antes a Júlia pensava que você era uma extensão dela. Você está cansada. Cuidar de filho como manda o figurino, não é fácil e você tem se dedicado exclusivamente. Parabéns!! Te dou o maior valor, admiro as mães que assumem sua posição de nutrir, zelar e educar.
    A Júlia está começando a entender que você é outra pessoa distinta dela. Ela passa a ter outras necessidades que você nao mais responde prontamente. E sabe, este é o grande impulso para a fala. A criança passa a querer dizer o que ela quer. Alguns bebês ficam agressivos, enciumados com a troca de carinho entre os pais e por volta dos oito meses, ela pode nao querer ir para o colo de ninguém, ficar somente no seu colo.
    A Júlia come/toma outra coisa além das mamadas no peito?
    Se ela cai no sono, deixa dormir. Assim que ela acordar, você dá o mama para ela.
    A rotina faz bem sim para o bebê, ele se sente seguro. Mas se a rotina tira os pais do sério, a criança sente o clima do ambiente. Tente fazer aquilo que é mais prazeiroso para as duas. Esta fase não volta mais!
    Na verdade, dá vontade de estar aí perto para ajudar. É muita responsabilidade e a família não está perto, né? Beijus

    ResponderExcluir
  3. Não é bem assim não, Van! :-)))
    Luma, você entende bastante de bebês, né? Ela só toma leite materno. Será assim até ela completar 6 meses... obrigada pelo apoio moral! :-) Bjo!

    ResponderExcluir