11 agosto 2010

Diálogo inusitado

Eu: – Ju, vamos ao parquinho?
Ju: – Hum hum! Abeia! – balançando a cabeça negativamente e com uma cara muito séria e decidida.
Eu: – Você não quer ir brincar no parquinho?!
Ju: – Hum hum! Bincá aqui.
Eu: – Mas e se a gente for até lá ver se a abelha já foi embora? Se ela tiver ido, você brinca, senão, a gente volta pra casa. Quer?
Ju: – Qué! – feliz da vida!

Não é mentira não, aconteceu mesmo! Hoje à tarde(quer dizer, ontem – já passa de meia noite).

6 comentários:

  1. ah tadinha...agora q entendi pq li os posts anteriores...

    como assim invasão de abelha? eu tb não ia querer sair.


    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................

    ResponderExcluir
  2. O Segredo é não se movimentar bruscamente, sabia? Uma vez um menino jogou pedra em (?) não sei como chama a casa das abelhas (?), na saída da escola. Quem correu foi picado e a professora gritava "Caminhem em camera lenta". Eu caminhei porque as minhas pernas não obedeciam para correr, de tanto medo! :) Não falam como devem proceder? Boa sorte!!

    A Ju tá uma moça, nossa! Conversando já assim!! :=))) Beijus,

    ResponderExcluir
  3. Micha, eu também ficaria em casa. Mas acho que é importante pra ela sair um pouquinho. Temos que aproveitar enquanto está quente porque logo, logo, chega o frio de novo e depois a neve. Bjs!

    ResponderExcluir
  4. É mesmo, Luma?! Então estou fazendo tudo errado. Sempre pego a Ju e saio correndo. :-))))
    Não sei se estao dando alguma orientacao... eu não assisto os canais finlandeses e nem leio os jornais... :-))
    Mas eu nem sei se eles sabem como agir nao, acho que isso nao é normal. Deve ser por causa do calor excepcional que está fazendo.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. É demais conversar desse jeito com ela, não é? Eu também adoro as respostas da Elisa, e admirar como ela também já entende tudo, conversa e interage! A Ju também conta historinhas? Peça para ela contar, é uma delícia!

    ResponderExcluir
  6. Lu, é uma delícia! Eu me surpreendo mesmo com muita coisa que ela fala, mas tem vezes que eu fico em dúvida se ela entendeu mesmo ou se o que ela respondeu se encaixou por coincidência. :-))) Mas tem horas, como esta deste post, que eu sei que ela entendeu sim.
    Nunca pedi pra Ju contar história, só pra ela contar o dia dela pro pai. Ela sai falando tanta coisa e a gente não entende nada. Bom, eu entendo algumas palavras e consigo entender o contexto, mas meu marido, que passa menos tempo com ela, não entende mesmo. :-)) Vou tentar pedir pra ele ler um livrinho pra mim. :-))
    Bjs!!!

    ResponderExcluir