30 setembro 2010

Birras!

Gente, tenho uma má notícia: ainda nem consegui começar a escrever os posts sobre Paris… :-(
A Júlia esta semana começou uma fase terrível (espero que seja só uma fase). Ela tem feito umas birras horríveis, mas a pior foi a de ontem, que durou 1 hora. Ela começou a gritar “Cocô! Cocô!” e a apontar para o vaso. Pensei que ela queria se sentar, mas quando tentei colocá-la lá ela chorou mais, perguntei se ela queria dar descarga e ela chorou ainda mais. Ela já tinha feito cocô, antes disso tudo começar e eu tinha tirado a fralda dela para limpá-la, mas ela não deixou. No meio da confusão, acabei a lavando na marra, no chuveiro, o que obviamente, fez ela chorar e gritar ainda mais. Ela levanta os braços e amolece o corpo de forma que a gente não consegue segurá-la de jeito nenhum! Haja paciência! Ameacei colocá-la de castigo e tentei, mas quem disse que teve jeito?! Depois de uns 30 minutos, sem saber o que fazer, fui me sentar no sofá para chorar ver se ela se acalmava sozinha. Fiquei preocupada e fui olhar se ela não estava mergulhando de cabeça no vaso e ela tinha subido sozinha, só que de frente, e estava soluçando e falando “Vô caí! caí!”, a peguei e a sentei de frente, ela se acalmou. Perguntei se ela queria fazer cocô e ela disse que sim. Eu já tinha tentado isso lá no começo! Que raiva. Fiquei segurando ela um tempão e sempre que eu falava em descer, ela ameaçava começar tudo de novo. Eu já estava morrendo de dor de segurá-la… Depois de mais uns 20 minutos, ela pediu para descer, pegou papel higiênico, limpou o bumbum, deu descarga e saiu como se nada tivesse acontecido.. Gente, que raiva!!! Até passei mal!
Vesti a roupa nela, a coloquei no chão, me ajoelhei pra ficar na altura dela e comecei a falar que o que ela tinha feito era muito feio e que eu estava muito triste, Que ela tinha me feito chorar e que ela não me obedeceu quando eu falei que ela estava de castigo e que tinha que ir pro cantinho pensar. Ela fez carinho no meu rosto, falou “Dicupa!” e me deu um abraço. Eu falei que ela estava desculpada, mas que o que ela tinha feito era muito, muito feio e que ela ia ficar de castigo mesmo assim, o dia inteiro sem televisão.
Fomos para a creche e lá, por duas vezes, 2 pais foram buscar as filhas e nas duas vezes ela pediu “Qué papai”. Foi de partir o coração… Pensei se teria sido este o motivo de toda a confusão.
Na volta para a casa, comprei um redutor de assento e uma daquelas coisas pra subir, não sei o nome. Eu não queria ter que ficar segurando ela de novo… haja coluna e braços. :-))) Ela tem um troninho, mas nunca quis usá-lo. 
À noite, na hora do jantar, ela fez de novo! Sentada à mesa, com o prato de comida na frente dela, ela começou a chorar e gritar “Qué papá! Qué papá!”. Mandei um sms pro pai, pra ver se ele podia falar com ela um pouquinho porque ele iria chegar tarde, quando o telefone tocou, ela parou de chorar. Não quis falar com ele, ficou emburrada, mas pelo menos se acalmou e comeu tudinho.
Na hora do banho, ela ficou lá sentada um tempão e depois começou a descer, pegar papel higiênico, sentar, limpar o bumbum, descer e começar tudo de novo. Ela ficou mais de 1 hora nisso… Eu, traumatizada que estava, nem quis interferir. Esperei o rolo de papel higiênico acabar, aí ela deu descarga e tomou banho. Nisso já eram 10 da noite e o pai chegou. Ela imediatamente declarou que iria dormir com o pai. Eu nem pensei em contrariar… ela dormiu na nossa cama.
Ela tanto entendeu o castigo, que não pediu pra ver televisão nenhuma vez… Ao invés disso, me ajudou a cozinhar, a lavar a louça e a limpar a cozinha. E ela ajuda super bem! Me surpreendeu!
Hoje pela manha, ela sentou lá no vaso (ela fala “piniquinho”), mas fez cocô no chão e se recusou a colocar fraldas, quis vestir calcinha. Me parece que ela já quer deixar as fraldas, mas ao mesmo tempo, tem medo. Sem falar que está sentindo a falta do pai, depois de uma semana grudada nele. Sem falar, que todos os dias ela fala que quer ir ao castelo do Mickey e eu tenho que ficar explicando que não dá para ir sempre, só nas férias, porque é longe e blá, blá, blá…
Ontem ela também correu de mim na loja, enquanto eu tentava comprar luvas para ela, para que ela pare de ficar congelando quando brinca no parquinho, tropeçou, caiu de cara no chão e cortou o lábio. Fiquei com dor de cabeça o dia inteiro e ainda estou, desde ontem.
Com isso, eu não estou conseguindo fazer nada, além de dar atenção a ela, passar horas e horas no banheiro e tentar sobreviver a estes episódios.
Tenho muitos emails para ler e responder, feeds, comentários… do twitter e facebook já desisti… a casa está uma bagunça. Enfim, tenham paciência e compreendam esta mãe estressada, cansada e desesperada.

9 comentários:

  1. Ai, como é difícil essa vida de mãe!

    ResponderExcluir
  2. MEU DEUUUUUUUS tadinha de tuuu Chris!!!
    Eu nem imagino a loucura q deve estar sendo viver essa confusão, mas com certeza é uma fase que vai passar!
    Beijos saltitantes
    Boa sexta-feira!

    ResponderExcluir
  3. Vai passar, sim, Chris!! Respira fundo e conta até 100 se for preciso! Tudo é fase... Ela deve estar querendo mesmo tirar as fraldas, mas nem pra todas as crianças isso é um processo simples. Somado à saudade do pai... sobra pra você, coitada!!! Mas tenta manter a calma, um dia você vai lembrar e rir disso tudo.
    Bjs!
    Mel
    P.S. Espero que tenham curtido muito Paris! Luis ta indo dia 14/10 para uma feira. Desta vez não vou, trocamos Londres (em função da gravidez) por Maragogi...

    ResponderExcluir
  4. Que nome lindo Júlia
    Nossa vida de mãe é fogo...minha Júlia com 8 já faz umas birrinhas...
    Muito bons seus posts adoro...
    Lindo final de semana
    Deus abençoe sempre
    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Oi, Chris!
    Não tenho tido tempo pra comentar, mas estou sempre por aqui.
    Não é nada fácil passar por esses estresses. O Cas e eu costumamos dizer que a Bia "surta" de vez em quando, pois ele tb faz umas birras dessas.
    Acho que vc já entendeu o porquê das birras da Júlia, agora o negócio é ter paciência e dar limites ao mesmo tempo. Boa sorte pra nós!
    Bjo grande pra vc e pra Juju!
    P.S.: Saudades de vcs!

    ResponderExcluir
  6. Ela está revoltada porque acabaram-se as férias! (rs*)

    Será que ela não estava com cólicas? Bom perguntar se está doendo em algum lugar do corpo e mesmo de brincadeira, pode mudar de assunto, não focar tanto o problema. Desviar o curso da história ou mesmo que ela decida! "Enquanto você fica aí chorando, mamãe vai fazer isto, isto" - diga que vai fazer algo que ela gosta.

    Já deixei meu filho chorando no meio do corredor do shopping e fui andando. Nunca mais ele fez! Somos cruéis às vezes, mas necessário!

    Boa sorte!! Beijus,

    ResponderExcluir
  7. Oi Chris, valeu pelo comentário no meu blog. Gente, a Julia já está assim? Ai...ai... será que o nome tem alguma coisa a ver com isso? :-)
    Acho que todos os pais devem passar por isso pelo menos uma vez com seus filhos, ainda não tenho idéia do que é isso, mas sei que irá acontecer algum dia.
    Beijo e boa sorte aí com ela. :-)

    ResponderExcluir
  8. É um pouco complicado sim, Van! :-)))
    ----------------------------------------
    Morena, melhorou já. :-))) Bjs!
    ----------------------------------------
    Mel! Que bom ver você por aqui!!! Você e a Patrícia deixando comentários no blog me deixam muito feliz! Hoje a Ju, finalmente, fez xixi no vaso pela primeira vez. Ganhou um adesivo e queria porque queria mais! Tive que explicar umas 10 vezes que só quando ela fizer xixi no vaso e que, se fizer cocô, ganha 2. Ela ficou tao feliz que até dormiu com o adesivo. :-))) Vamos ver se agora vai. Hehehe. Londres grávida é meio difícil mesmo, pois a gente tem que andar muito. Se a barriga já estiver grande e pesada então... Uma prainha é mais tranquilo, você vai relaxar mais. Bjs!!!
    ----------------------------------------
    Laudiane, você teve muito bom gosto pra escolher o nome da sua filha! :-))) Obrigada!!! Bjs!
    ----------------------------------------
    Pata, faz tempo que nao nos vemos, né? Imagino que você deva estar ocupada com os preparativos pra festinha da Bia... e agora com a Ju dormindo por volta das 3, complicou da gente se encontrar. Só se fosse de manhã, mas de manhã é tão complicado. Tem tanta coisa pra fazer... Bjs pra vcs.
    ----------------------------------------
    Luma, acho que você acertou em cheio!!! Eu não tinha pensado nisso. :-))) Olha, eu tentei de tudo. Li e ainda leio muito sobre criancas e tentei tudo o que lembrei. Mudar o assunto, tentar que ela me explicasse porque estava fazendo isso, abracar por trás para acalmar, sair de perto... enfim. Ainda bem que foi em casa e não na rua. :-))) Bjos!
    ----------------------------------------
    Carolina, imagina! Se eu puder ajudar com as experiencias que ja tive, é um prazer... Olha! Acho que neste caso nao é o nome nao. Toda crianca, pelo que sei, faz isso... :-))) Bjs!

    ResponderExcluir