11 maio 2011

Desfralde (de novo!) e super resumo dos últimos dias

Na semana passada, comecei o desfralde da Ju (de novo!). Já perdi a conta de quantas vezes tentei e não deu certo. Desta vez, estou confiante. Já tem 10 dias e, apesar de um pouco de sujeira no início e um aumento considerável na quantidade de roupas para lavar, agora ela já passa o dia inteiro sem sujar a roupa e já faz xixi e cocô no penico, apesar de ainda resistir muito com o cocô. Ela só faz mesmo quando já não está aguentando mais, chegando a prender por 3 dias... se bem que ontem e hoje ela fez.
Ela já pediu pra fazer xixi fora de casa e esperou direitinho a louca aqui limpar tudo e forrar pra ela sentar. Aliás, nisso fico meio perdida. Como vocês, outras mães, fazem? Pensei em andar com álcool gel na bolsa pra limpar tudo antes de forrar. Alguma dica? Acho que tenho que comprar também aquela coisa de forrar, pois acho que não deve ter em todos os banheiros de lugares públicos, né? 
Eu comprei calcinhas novas e parei de usar aquelas fraldas de treinamento pois vi que ela se acomodava e sempre que dizia que queria fazer xixi e eu dizia pra ela ir ao penico, ela falava “Não. Tô de faldinha!”. Ou seja, estava atrapalhando. Agora ela só usa pra dormir e, aí vem uma surpresa boa: ela acorda com a fralda sequinha e pede pra ir ao banheiro logo que acorda. Ao que tudo indica, o desfralde noturno está vindo junto e não vai dar trabalho. Aliás, já tem muito tempo que eu reparei que ela acordava com a fralda seca, mas que fazia xixi logo que acordava.
Fora isso, tenho batido muito papo com as crianças no parquinho. As crianças aqui são tão amáveis e sociáveis. E sinceras… Quando não entendem o que falo, falam na cara. Hehehe. Tenho conversado com algumas mães também, pois aqui onde moro a maioria são de estrangeiros e aí pergunto como foi a adaptação dos filhos delas, se elas decidiram colocá-los na creche para que eles aprendessem inglês, ou se não precisa… coisas deste tipo. As opiniões são muito diferentes, mas me ajudam mesmo assim.
A Ju já está brincando com as outras crianças no parquinho, aliás, quando não tem criança, ela acha sem graça e pede pra vir embora ou para ir levar pão para os patinhos do lago. Já quando ela vê da janela que tem criança, eu tenho que largar tudo e sair correndo. :-) Ela já fez amizade com 2 meninas (irmãs), americanas mesmo, elas são uma gracinha, 1 finlandês e 1 alemão. Fora eles, de vez em quando aparecem umas crianças diferentes e ela brinca também.
Na semana passada havia 1 menino xingando todas as crianças, não as deixando passar ou brincar e tal. Várias já tinham reclamado com as mães. Uma hora, a Jú desviou pra passar do outro lado, já que ele estava barrando ela, e ele a empurrou e ela caiu 2 degraus do brinquedo. Fiquei furiosa, dei um esporro no menino e fui reclamar com a mãe, que até então, fingia que nada via. Ela o pôs de castigo e depois ele veio pedir desculpas e perguntou se ela podia brincar com ele. Fiquei com pena do menino, afinal ele aprendeu a fazer isso com alguém, né? A Jú deu um abraço nele e aí eles foram brincar e parecia outro menino. Ele parou de implicar com todas as crianças. Aliás, fiquei comovida com as outras crianças que vieram ver se a Jú estava bem. Umas fofuras! :-) A mãe me olha esquisito quando me vê. Aliás, só a vi uma vez depois do ocorrido e pode ser impressão minha, mas acho que ela me olhou meio torto sim. Não sei, ela é indiana e estava andando atrás do marido e eu a cumprimentei e ela me olhou torto, sem responder. Pode ser que ela não possa falar com outras pessoas quando o marido está junto? Sei lá… outra cultura, né? Já acho esquisito elas terem que andar atrás e não do lado do marido… então não estranharia descobrir que elas não podem falar com outras pessoas.
Bom, mas estes últimos dias não foram só de coisas boas não… a Ju aprontou 2 birras gigantescas. Na primeira ela se machucou toda porque ficou se jogando no chão que é de cimento. Aff. Foi terrível, não gosto nem de lembrar. A segunda foi hoje, mas não quero falar sobre isso não. Pulemos estas coisas. :-)
O dia das mães foi bom, tirando uma birra básica também.
E, depois conto mais porque está tarde e este post está ficando gigantesco e aí ninguém vai ler, que eu sei. :-)

2 comentários:

  1. Oi! Eu sempre leio suas novidades, mas quase sempre a Gi não me deixa comentar, fica me tomando o mouse e tudo! rs Que bom que a Ju tá se adaptando, e essas coisas, apesar da gente morrer de raiva, são coisas de criança né? Sempre brigam e já já tá tudo bem...
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Ou, Van! Hehehe. Sei bem como é. Meus posts estão ficando cada vez mais raros por causa disso também.
    Quanto ao menino, não fico com raiva da criança e sim dos pais que não educam direito. Bjs!

    ResponderExcluir