23 maio 2011

A mudança chegou!

Oi, gente! O blog anda meio abandonado, né? Não gosto quando isto acontece, mas vocês devem imaginar que mudar de país não é fácil… e na lista de prioridades o blog acaba ficando por último. Aliás, ando pensando muito nele… Depois que me mudei para a Finlândia, ele virou mesmo só um blog pessoal, mais sobre a Ju (por pura falta de assunto) e perdeu qualquer utilidade que tinha antes. Preciso fazê-lo voltar a servir para alguma coisa.
Mas enquanto isso, vou continuar registrando nossa vidinha. Na terça passada, a mudança chegou. Finalmente! Ficamos soterrados em caixas e coisas espalhadas pela casa, mas agora tínhamos lugar para sentar e cama para dormir. Nossa, vocês não imaginam como fez falta. :-)
image
A empresa do marido quis economizar e não pagou a empresa que fez a mudança para vir buscar as caixas depois, então eles tiveram que abrir tudo e jogar no chão, na mesa, na cama… onde tivesse espaço, para poder levar as caixas naquele mesmo dia. Lógico que chegou uma hora que não deu mais e aí o marido deixou eles irem embora e ficamos com várias caixas para dar fim depois. Uma loucura!
A Jú, no meio daquela bagunça toda, mal se aguentava de felicidade vendo as suas coisinhas de novo, principalmente os brinquedos. Foi como se ela tivesse ganhado tudo de novo!
Eu nunca pratiquei tanto o desapego como nesta mudança… e nunca fui boa nisso, viu? Ainda na Finlândia demos muita, mas muita coisa mesmo. Primeiro tentamos vender, como fizemos no Rio e na Argentina (e vendemos rapidinho), mas lá acho que não existe a cultura de comprar móveis usados. Então doamos algumas coisas, e mesmo dando, eles rejeitaram algumas coisas porque disseram que não iriam conseguir vender. Tinha cada móvel com bom potencial que um(a) decorador(a) de mão cheia daria um trato e ficaria bem bacana e que acabou indo pro lixo. Eu só pensava na Eva, do As Peripécias de Eva ou na Mirella, do Casa de Firulas. Uma pena mesmo! Infelizmente, este talento eu não tenho… ainda! Quem sabe um dia? :-) 
Já aqui também separamos mais um monte de coisas para dar e aqui eles aceitam tudo porque tem muita gente que precisa. Aqui temos bem menos espaço para guardar as coisas, a cozinha é bem pequena (comparada com a outra que era gigantesca) e não tinha jeito mesmo. A Ju não ficou muito satisfeita em dar algumas coisas, mas estamos aprendendo juntas. :-)
Enfim… ainda falta muita coisa, mas o apartamento já está tomando jeito de casa. Depois pretendo fazer algo de decoração. Com esta história de mudar o tempo todo, eu acabo nunca fazendo e fica aquela coisa toda sem graça, mas como não pretendemos mais mudar daqui… bom, do apartamento sim, mas não dos EUA. Na verdade não sei nada de decoração, mas quem sabe sai algo que preste? :-) Precisamos de algo para chamar de lar e não só um depósito para nossas coisas e teto temporário.
Eu ia contar mais uma novidade, mas o Windows Live Writer começou a travar o tempo todo e isso me irrita muito! Fica pro próximo post e é bom que vocês ficam curiosos. :-)))))
Vou fazer de tudo para que o próximo post seja amanhã, ok? :-)

2 comentários:

  1. Que bom que as coisas estão se ajeitando. Imagino o que vc passou pois já vivi isto. Tudo de bom daqui pra frente.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Nice! Dá uma trabalheira danada e sem falar na adaptação, que é bem mais difícil quando se muda pra outro país, com outra língua, outros costumes... mas logo, logo ficará tudo certo.
    Bjs!

    ResponderExcluir