27 junho 2011

Capítulo final da adaptação na escola (será?) e bilinguísmo

Gente, como disse para vocês, na segunda a Ju não foi para a escola porque pensamos que ela estava doente. Não foi como alguns de vocês pensaram. Ela não fez chantagem e nos enganou. No dia anterior, ela caiu duas vezes em cima do mesmo joelho e, além de ralá-lo todo, o joelho amanheceu muito roxo. Eu cheguei a pensar que tinha sido algo mais sério. Com certeza, estava doendo bastante. Acredito que, se ela tivesse ido para a escola, ela teria chorado o tempo todo e eles acabariam nos ligando para buscá-la. Quando eu escrevi o post anterior, eu achava que era menos sério, mas depois vi que não.
Prontinha pro Splash DayNa terça, ela chorou, mas a professora disse que parou logo depois que saímos. Na quarta, enquanto eu me despedia (faço isso ainda no corredor), ela disse "Ju não chola mais, tá?". E eu, surpresa: "Você não vai chorar mais não? Que bom! Fala tchau pro papai". A entreguei pra ele, como andava fazendo, e ele a entregou para a professora e ela foi numa boa e não chorou. Na quinta, a mesma coisa, só que 1 hora depois ligaram pra gente ir buscá-la porque ela havia vomitado duas vezes e, nestes casos, eles retiram a criança o mais rápido possível de perto das outras, para não haver contaminação. Nos entregaram um papel dizendo que ela só poderia voltar com autorização médica ou após 24 horas sem vomitar. E eis que no dia seguinte era o Splash Day, onde eles brincariam com água na escola. Não sei bem o que eles fazem, mas eles têm que ir com roupa de banho e um sapato que possa molhar, que eles chamam de Wet Shoes. Compramos tudo e passamos a semana inteira falando disso e ela estava super ansiosa. Ficamos com muita pena dela perder o Splash Day pela segunda vez, porque no primeiro ela estava com a infecção urinária.
Acontece que ela não teve mais nada o dia inteiro e na sexta amanheceu super bem, então ela foi mais tarde, mas foi. Ela quis ir andando, com a mochila nas costas, e foi correndo, quase que nem se despede da gente, de tanto que ela estava ansiosa. :-) E a professora disse que ela se divertiu muito! E ela estava mesmo muito feliz. Fiquei feliz dela não ter perdido tanta diversão.
No sábado, ela vomitou de novo... fora isso, ela está bem, se bem que acho que ela não está comendo direito e reclama que a barriga está doendo.  Eu não quis levá-la para a emergência e preferimos esperar até segunda. A médica dela a atendeu hoje e acha que ela está apenas com dificuldades para fazer cocô, o que é muito comum com crianças, pois se uma vez dói, eles decidem que não vão fazer mais e aí dói mais ainda. Acho que é bem isso mesmo. Ela já está praticamente desfraldada, com exceção do que se refere ao cocô, pois ela não quer mais fazer na fralda, mas também não quer fazer no pinico ou no vaso e fica prendendo até não aguentar mais. Só os vômitos é que não ficaram explicados. Achamos que ela deve ter mesmo pêgo algo leve, mas como foram poucas vezes, não é pra se preocupar. Só que quando saímos da médica, ela vomitou novamente, e muito... Vamos mudar a dieta dela, cortar leite e derivados, reforçar as frutas (verduras ela não come mesmo) e ela vai tomar um remedinho pra ajudar com o cocô.
Quanto ao inglês, notei que ela anda falando umas coisas diferentes. Sexta, estávamos num museu (depois falo mais) e no laguinho, ela disse: "Mommy, it's a fish!". Achei lindo! :-D Nem liguei que ela falou inglês comigo... hehehe. E ela fala sempre "Wake up, Mommy!" e "Came on, Mommy! Let's go". Os choros e resmungos continuam, mas diminuíram um pouco. Notei que, no parquinho, ela está com menos dificuldade para se comunicar com as outras crianças. Mesmo ela ainda não falando inglês totalmente, ela se arranja com gestos. Pra isso, usar os gestos e sinais na escola, tem servido. Acho que, como tudo na vida, tem seus prós e contras...

Ps.: Não sei se este post está fazendo muito sentido, pois tem algumas noites que não venho dormindo bem por causa da Ju e aí meu raciocínio fica leeeeento que só... :-)

5 comentários:

  1. Ai vomitar é tãotão ruim! Espero que ela esteja beeem logo!
    E que bom que ela tá se acostumando com o inglês
    Bjos saltitantes

    ResponderExcluir
  2. tadinha dela. poxa, q chato. eu tenho pânico de vomitar.

    meu sobrinho qdo era pequeno teve problema pra fazer coco tb, e aí o pediatra passou pra darmos a ele óleo mineral, compravámos na farmácia, um vidrinho e davámos na colher e ele tomava, todo dia, e foi regularizando com o tempo.

    ai q fofa ela te acordando em ingles..ameiiiiiiiiiii

    Uma ótima semana para você!!!

    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................

    ResponderExcluir
  3. Meninas, espero que ela fique boa logo também. Estou exausta e com ela doente, o trabalho é triplicado...
    Está muito bonitinho ela falando inglês mesmo... mas tenho que começar a ser firme com ela, senão daqui há pouco, ela não fala mais português.
    Micha, ela está tomando um remédio que acho que deve ser parecido. Hoje já funcionou... deve regularizar logo.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Poxa! :( Melhoras!! Chris, tente relaxar antes de ir para a cama dormir - a responsabilidade que sente está te tirando o sono. Beijus,

    ResponderExcluir
  5. Hehe. Sono eu tenho, Luma. O problema tem sido a Ju me deixar dormir...
    Bjs!

    ResponderExcluir