17 agosto 2011

Primeira vez dirigindo sozinha, depois de muitos anos.

Quem me conhece, sabe que não gosto de dirigir. Ou melhor, que tenho pavor de dirigir. :-))))
Meu sonho de consumo é um carro com motorista, mas vida de expatriada não é este mar de rosas que a maioria pensa não. Nem todo mundo vive cercado de empregados e nem nada em dinheiro. :-)))
Fico louca com o trânsito e com tanta coisa que a gente tem que prestar atenção ao mesmo tempo. Por causa deste pânico, acabo fazendo muita bobagem e morro de medo de machucar alguém.
Mas... sabem como é. A necessidade obriga a gente a fazer até mesmo o que não quer. E como aqui tudo é longe e o marido viajar a trabalho faz parte de nossas vidas, o jeito é encarar o medo.
Com um pouco de prática, vou acabar dirigindo direitinho. ;-)
Mas o dia de hoje vai ficar pra história! Vou comemorar todos os aniversários! :-)

2 comentários:

  1. Menina sabe que eu adorava dirigir no México, nos EUA e na Finlândia, mas aqui morro de medo. Aliás, ainda não tive coragem de pegar no carro desde que chegamos ao Brasil....trânsito terrível.

    Sorte por ai!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Sandra, parei de dirigir quando me mudei pro Rio. :-)))) Se em Brasília o trânsito era uma loucura, com todo mundo dirigindo mal, no Rio nem dava pra descrever. :-)
    Quando morei na Argentina, fazia tudo a pé ou de metrô e na FInlândia, eu morava em Tapiola. TInha tudo perto e não precisava de carro.
    Já aqui, não tem nada perto... mas o trânsito nem dá para comparar com o do Brasil. E nem a educação no trânsito, né? Aqui é fácil... :-)
    Bjs!

    ResponderExcluir