24 outubro 2011

Que semanas estas 3 últimas!

Fazem 3 semanas que a Ju virou outra. Não quer mais ir para a escola, não quer mais ir ao balé, está dando muito mais trabalho para dormir (pensei que não dava para piorar!) e passou a acordar várias vezes à noite. Quando o pai não está junto, gruda em mim e não quer que eu saia de perto. Quando o pai está junto, só serve ele.
Semana passada soltou : "Não gosta mamãe!!!". Doeu... mas sei que ela não falou isso de verdade.
Será?!
Ficou uma semana sem mal chegar perto de mim, sem falar comigo direito... depois voltou a falar.
O que gerou isso tudo? Não faço idéia!
Junto com isso, eu tinha que fazer a prova para tirar a carteira e nem lembrava mais do blog.
Bom, pelo menos uma coisa eu consegui fazer neste tempo:
I passed!!! I'm free now! :)))
Yeiiiiii!!!!
Mas ainda não dá para comemorar. Falta o teste de direção...

5 comentários:

  1. Nossa Chris lendo o que você escreveu parece que você esta falando da Sophie ha 1 ano atras, bom a fase dos 3 aos 4 foi muito dificil aqui em casa......nao queria ir pra escola, nao queria banho, nem comer, nem dormi, nem nada, so brincar e televisao....Parece que eh a fase que eles tem sonho por isso se desperta a noite, o bom eh nao ver desenho a noite...com a Sophie foi a fase que o papi era o principe, pra ela acordar ele tinha que dar um beijo nela e ela fazia igual a branca de neve.....qdo ela fez 4 anos mudou da noite pro dia impressionante..o jeito eh ter muita pacienciaaaaaa, tentar explicar, e esperar a fase passar.....bjs e boa sorte sei que nao eh facil....


    Patricia Heliard

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Patrícia! Tomara que esta fase passe logo, porque está mesmo muito difícil. Esta dica que você deu do desenho, faz muito sentido. Eu já venho regulando a tv porque notei que deixa a Ju muito agitada. Mas estou achando também que a Ju anda tendo problemas com alguma criança na escola. A professora disse que não viu nada, mas tem um menino lá muito levado que fica sempre de castigo e que sempre que chega perto dela eu vejo que ela fica com medo e já notei que ela dá a maior volta para não passar perto dele. Não sei se ele fez algo com ela ou se ela só tem medo mesmo porque ele está sempre aprontando e enfrentando as professoras... À princípio, achei que se acontecesse algo, as professoras veriam, mas já vi que não, pois semana passada a Ju se machucou e ninguém viu o que aconteceu. Quer dizer que elas não ficam sempre de olho... A Ju não sabe falar, então fica difícil. Eu já perguntei várias vezes e ela já confirmou que alguém empurrou e até bateu nela, mas não sei se ela está falando sério ou se só respondeu sim porque eu perguntei. :/
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Aqui eh a mesma coisa na escola, a profe nunca ve nada e a Soso sempre cai, chega em casa com joelhos esfolado e ja chegou arranhada uma vez, mas enfim, escola boa eh a particular no Brasil, Soso esteve 6 meses la e o carinho que as profes tem com os alunos eh outra coisa.....outra coisa eu sempre pergunto o que ela fez na escola e ela nunca fala acho que eh o cansaco mas na hora de dormnir ela conta tudo, ahahahahahah...essas meninadas...bjs

    ResponderExcluir
  4. Nossa, carinho igual no Brasil acho que não tem não, né? Na primeira vez que eu fui à escola da Ju, achei todos muito frios. Depois vi que era menos do que eu pensei, mas igual ao Brasil acho que não tem.
    Na escola da Ju, quando acontece algo, elas têm que registrar uma ocorrência. Nos entregam um papel dizendo o que aconteceu e o que elas fizeram para resolver, mas COMO foi, elas não viram. Aí é que fiquei meio chateada. Se não viram, é porque não estavam olhando as crianças quando elas estavam no parquinho. :-/ Ainda bem que não foi nada grave.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Feliz por você, parabéns!! Falta a direção mas você vai conseguir também!!

    Algo pode ter acontecido e a Ju não soube viabilizar. E acha que o que aconteceu é sua culpa. Só muito carinho e conversa resolve! Assim ela arruma meios de comunicar o que aconteceu.

    Boa sorte!!
    Beijus,

    ResponderExcluir