24 julho 2012

Partida da Dóris

Oi, gente! Fiquei doente, melhorei, fiquei doente de novo... e isso no meio de um curso que eu estou fazendo. Foi difícil fazer todos os trabalhos, mas acabou dando tudo certo.
Sexta passada a Dóris morreu... desta vez de verdade, não foi como da outra vez em que ela ficou presa no castelo e quando a gente foi tirar o "corpo", ela saiu nadando desesperada e assustada. Contei isso pra vocês? Não achei.
Ela amanheceu assim, não sabemos o que aconteceu. A Ju a viu e ficou falando que ela estava doente, que estava branca, que não tinha mais vermelho nela... como era dia de Cowboys and Cowgirls na escola e ela estava toda animada, não quisemos tocar muito no assunto. Falamos que a gente ia levar a Dóris ao médico.
Enquanto ela estava na escola, cogitamos em correr e comprar um outro peixe, mas eu tenho certeza de que ela iria perceber que não era a Dóris. Daí, restaram 2 opções: contar a verdade ou dizer que ela teve que ir morar no laguinho. Não tivemos coragem de contar a verdade... O pai disse que o médico falou que ela tinha crescido muito e que o aquário tinha ficado muito apertado pra Dóris e que por isso ela teve que ir morar no laguinho. Ela ficou meio revoltada, reclamou que gosta da Dóris, que quer a Dóris aqui em casa... mas se conformou. O problema é que agora ela quer ir ao lago toda hora procurar a Dóris. :-))))
Ai, gente... talvez devêssemos ter contado a verdade, mas a gente quer proteger enquanto pode, né? Deixa pra ela lidar com estas coisas mais tarde, quando puder entender melhor.

Um comentário:

  1. Não sei se contar a verdade nesses casos resolve... Tenho minhas dúvidas por que quando era criança, viajei nas férias e quando voltei não encontrei uma cachorrinha que eu amava de paixão. Minha mãe contou que ela tinha sido atropelada - Que ela saiu correndo quando viu o portão aberto... eu não acreditei, mesmo agora depois de grande. Na época fiquei muito triste e disse que minha mãe tinha dado ela para alguém por que não gostava dela.
    Se a minha mãe tivesse dito que ela encontrou um namorado e preferiu ir embora de casa, eu teria aceitado melhor. Mas morrer, não podia. Um dia quando ela crescer e entender, você conta a verdade.
    Lembra da encomenda? Chegou... mas tive que pagar um imposto absurdo que nunca antes paguei em qualquer encomenda. Mandei email reclamando e a resposta foi: Temos agora filial no Brasil.
    Recupere-se direitinho para não ter recaída!! Beijus,

    ResponderExcluir