02 abril 2008

Um pouco de polêmica

Normalmente, eu evito falar coisas que possam gerar muita polêmica neste blog, mas acho que hoje vou falar só uma coisinha.
Uma coisa que os argentinos têm em comum com os brasileiros e que eu detesto é a mania de achar que não podem existir ricos porque existem pobres, que é bonito ser pobre e que os ricos têm mais é que se ferrar. Aliás, nisso os argentinos ganham feio dos brasileiros.
Eu acho mais é que uma pessoa que investe tempo e dinheiro em uma atividade e que sabe aproveitar uma oportunidade que surge tem mais é que ganhar muito dinheiro. Eu sei que as oportunidades não aparecem para todos, mas quando ela aparece para uma pessoa e ela sabe enxergar isso e aproveitar o presente que está ganhando, ela tem mais é que colher os frutos. Existem meios de criar as oportunidades também... nem tudo cai do céu. Algumas pessoas batalham muito para ter uma.
Vejam que estou falando de coisas honestas, não sou a favor de nenhuma atividade desonesta.
Eu acho que os trabalhadores do campo exageraram com essa greve, a atitude que eles tomaram é bastante extrema. Por outro lado, uma governante que não faz nada para resolver o problema me agrada menos ainda e é isso o que a maioria das pessoas em Buenos Aires pensa. Os panelaços não são a favor da greve, mas sim, contra a atitude (ou a falta dela) da presidente.
Pronto, falei! :-P

Hoje os trabalhadores anunciaram uma trégua de 30 dias. Vamos ver o que vem do governo...

6 comentários:

  1. Vi a presidente falando para a nação super nervosa - pra não dizer histérica - ela estava muito esquisita, viu? Ela disse que nunca trataram nenhum presidente deste jeito e que a estavam rejeitando por ser mulher. Bah!

    ResponderExcluir
  2. Que mania dessa gente de ficar batucando em panela !
    Será que eles têm um ritmo maneiro pelo menos ?
    Dá pra fazer uma espécie de escolade samba cucaracha ?
    Bjs !

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente. Este é um processo histório e muito presente em países católicos.

    Acompanho de longe, mas este movimento dos ruralistas me parece um pouco exagerado.

    Beijos!!!

    Ah! Agora tenho domínio e o RSS já está funcionando!

    ResponderExcluir
  4. Ai, Luma. Esta mulher tb fala muita bobagem. :-)))
    Jôka, até que, de tanto treinar, já tava dando até pra tirar um sambinha, sabia? :-))))
    Márcio, OBA! Vou lá agora cadastrar o RSS.

    ResponderExcluir
  5. Chris, se ela, a presidente, não gosta trabalhar porque se dispôs a disputar o cargo?
    Francamente, é muito estranho um presidente que não governa.

    Quanto à mania de relacionar os ricos com o mal e os pobres com o bem é fruto do maniqueísmo ultrapassado que tomou conta da América Latina nos dias atuais.

    Claro que isto envolve alta política (ou baixa, se pensarmos bem). Como disse o presidente do Brasil, governar para pobres é muito mais fácil. Afinal, eles se contentam com pouco e não conhecem seus direitos.

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Saramar, certamente pela grana vinda da corrupção que rola... todo mundo sabe que tem isso. :-/

    ResponderExcluir