07 agosto 2006

SACs

Tem coisa pior do que falar com um SAC, do que quer que seja?!
Só de pensar em ter que ligar pra eles, eu fico estressada.
Outro dia, liguei para o SAC do Citibank Cartões porque meu cartão novinho, recém chegado, não funcionava. Eu expliquei que havia algum problema na tarja pois as maquininhas não conseguiam ler. A atendente insistiu que não havia nada errado, que ele estava desbloqueado e que no sistema estava tudo bem. Eu expliquei umas 10 vezes que o problema era na tarja e não no sistema. Aí ela começou a insitir que eu fizesse mais uma tentativa e que ligasse para eles da loja, no momento em que desse o problema. Imaginei a cena: eu no caixa, com uma fila enorme atrás de mim, ligando para a administradora do cartão pra resolver o problema e aí todo mundo da fila me jogando olhares de ódio. Eu disse que não ia inventar uma compra só para testar o cartão e que eu já sabia qual era o problema e que eles tinham que me enviar um segundo cartão. Mas depois de meia hora falando, cansei e desliguei.
No dia seguinte, liguei novamente, torcendo para pegar um atendente um pouquinho mais inteligente e expliquei o problema. De imediato ele falou que ia solicitar um novo cartão e eu pensei "Puxa, foi fácil. Nem acredito..." aí, ele disse: "É necessário que a senhora ou algum familiar receba o cartão com a identidade em mãos". E eu expliquei que era impossível, que não ficava ninguém em casa, e que o cartão deveria ser entregue na portaria, como havia sido entregue o primeiro. Ele ficou insistindo que não podia e depois de muito descutir eu perdi a paciência e disse que então eu não queria mais o cartão e que ele o cancelasse. Aí ele disse: "Então a senhora não tem mais interesse no cartão?" e eu disse: "Se eu não consigo usar e você está me dizendo que não tem como eu receber o segundo cartão, não tenho interesse". Aí ele transferiu para a área que cuida dos cancelamentos. Lá o atendimento era outro, impecável e educado. Quando me perguntaram o motivo do cancelamento eu tive a paciência de repetir toda a histórinha e aí o rapaz falou que não, que havia algum mal entendido e que qualquer pessoa poderia receber o cartão pois ele viria bloqueado e que a pessoa poderia apresentar qualquer documento, até mesmo o crachá.
Hoje, tive que ligar para o SAC da Abril pois eu não estava recebendo as minhas revistas. Aí a atendente me disse que o catão de crédito não havia confirmado o pagamento da minha assinatura e que eu deveria entrar em contato com a administratora do meu cartão para verificar porque eles não enviaram a confirmação para a Abril. Vocês já ouviram um aburdo tão grande quanto este?! Todos nós sabemos que para o estabelecimento comercial, basta a autorização da administradora do cartão. Depois disso, se eu paguei ou não esta compra o problema é da administradora e não do estabelecimento comercial. Além disso, eu posso não pagar a minha fatura totalmente e, neste caso, como a administradora selecionaria as confirmações de pagamento que ela supostamente, segundo a anta da atendente, deveria fazer? Pois bem, eu disse pra ela o absurdo que ela estava me falando e mesmo assim ela insistiu nesta desculpa esfarrapada! Perdi a paciência e, mesmo sabendo que eu correria o risco de perder o pagamento que eu já havia feito da assinatura (pois se já estava difícil receber as revistas, imaginem o dinheirto de volta), eu disse que queria cancelá-la. Aí ela meio que se desesperou e começou a explicar que ela não estava dizendo que eu não paguei, mas que houve algum problema e que a administradora não confirmou o pagamento. Desta forma, a abril não poderia enviar as revistas porque ela não sabia que eu tinha pago e blá, blá, blá... e eu, já com a paciência estourada, disse para ela transferir pro setor de cancelamento de assinaturas porque eu não queria mais falar com ela. Esperei um tempão mas foi bom porque a segunda pessoa que me atendeu já estava totalmente inteirada do assunto e eu não tive que explicar tudo de novo. Ela, super educada e atenciosa, outra coisa mesmo, me pediu mil desculpas pela informação errada que a outra tinha passado e que ela iria resolver tudo. A cobrança realmente havia sido feita no dia 10/07 e, ela não sabia porquê, as entregas estavam suspensas. Mas que ela já estava acertando tudo no sistema e que eu já receberia a edição que está nas bancas e, à partir daí, as entregas seriam feitas normalmente e que as que eu não recebi seriam acrescentadas ao final da assinatura.
À partir de agora eu nem vou falar com a primeira pessoa que me antender, vou logo falar para transferir para o setor de cancelamento, pois é lá que ficam as pessoas que realmente resolvem alguma coisa. :-/
Depois de tudo isso, eu cheguei à conclusão de que existem vários níveis de atendimentos nos SACs. As pessoas mais idiotas, atendem primeiro e aí, se o negócio complicar, elas transferem para as pessoas inteligentes. Agora eu pergunto para vocês: as empresas não estão colocanco sua imagem em risco colocando estas antas no primeiro contato com o cliente? Afinal, não é a primeira impressão a que fica?

3 comentários:

  1. Pior de SACs e telemarketings são aqueles gerundismos cafonas, tipo: "vou estar tranferindo..."
    De décima quinta !
    :)

    ResponderExcluir
  2. A última vez que utilizei um serviço desses foi por causa de um dvd player recém comprado que não rodava. E por incrível que pareça, estão acabando com os 0800, isso tudo pra nos vencer a resistência.
    Boa semana! Beijus

    ResponderExcluir
  3. Hi Chris, Thanks for visiting my blog. Nice to meet you. Please visit my blog again.

    ResponderExcluir